Google estuda penalizar quem usa SEO de forma abusiva

179 Flares Twitter 2 Facebook 129 Google+ 14 Pin It Share 0 LinkedIn 34 Email -- 179 Flares ×

Ao ler essa notícia, de início, nós profissionais “virtuais”, tomamos um susto. Porém isso será muito válido se pensarmos de forma profunda, afinal quantas vezes nosso enorme conteúdo acaba engolido por sites que se enchem de palavras-chave? O Google percebeu isso e anunciou uma mudança grandiosa para esses profissionais que acham que enganam os robôs especializados do gigante da internet.

Por enquanto, Cutts não diz quais são as punições, mas avisa que algo acontecerá com quem não tiver seguindo a linha diretamente proporcional de conteúdo e SEO. A ideia é dar a chance para que sites com bom conteúdo também tenham destaque frente aos sites extremamente otimizados, mas que não possuem algo tão relevante. Com isso teremos uma qualidade maior em nossas buscas, linkando com o Google Plus, além de uma renovação sobre seus motores de busca. Teremos a tendência de uma internet “mais qualificada”, composta por bons profissionais de conteúdo. Esse é o seu momento de mostrar capacidade.

A estratégia agora será ter uma noção acertada de seu nicho, focar neles e criar seus conteúdos. Estamos na era da informação com valores, focada no ser humano como um todo e não como objeto Chegou a hora de encararmos que nosso consumidor precisa ser acolhido pelo seu site, sempre mantendo-se centralizado seus desejos, mostrando que tudo pode ser melhor quando exclusivo a ele.

A exclusividade, o ineditismo com essa nova era do Google, mostrará a qualidade de muitos sites e profissionais. É a hora de estudarmos e afunilarmos esse mercado que cresce a cada dia, deixando quem está aqui para ser excelente, deixando os bons para trás, nivelando o campo de jogo, melhorando o status do gerador de conteúdo, tornando-o especial diante de tantos outros.

Jornalista e blogueiro. Pós-graduado em assessoria de imprensa, gestão da comunicação e marketing e pós-graduado em política e sociedade no Brasil contemporâneo.

Deixe uma resposta

Cadastre-se em nossa newsletter

  • Receba dicas diretamente no seu e-mail
  • Fique por dentro das novidades do blog
  • Seu e-mail nunca será compartilhado com terceiros