Como abrir um negócio na internet: confira os 6 passos iniciais

278 Flares Twitter 76 Facebook 163 Google+ 9 Pin It Share 0 LinkedIn 30 Email -- 278 Flares ×

Devido à facilidade com que qualquer pessoa pode criar um blog ou um site na internet, reparamos que muitos projetos nesta área acabam por não passar dos primeiros meses de vida. Afinal, o investimento nesse projeto é tão reduzido que se o “empresário” desistir, não terá grande prejuízo com isso. E esse é justamente o principal problema da maioria das pessoas que querem iniciar algo na internet: o pouco dinheiro gasto faz com que desistam muito facilmente.

Todo este facilitismo faz com que os aspirantes a empreendedores não ganhem uma real noção do que é iniciar um projeto a sério ou tentar criar uma marca de valor no mercado. Pensam que é trabalhar duro durante um mês e depois se os resultados não forem imediatos, abandona-se a iniciativa. Esta atitude está completamente fora da realidade de uma empresa física, que exige muito trabalho, investimento pesado e um bom plano de negócios.

Afinal, o que é necessário para iniciarmos um projeto eficaz na internet? No post de hoje, vou dar seis passos básicos para iniciar um negócio na internet. Mas lembre-se: estes são apenas os seis passos iniciais. Terá sempre que fazer muito mais do que isto. Mas se você não tem a mínima noção do que é necessário, este post é perfeito para você.

1. Seja sincero com você mesmo

Antes de pensar em aprender programação ou táticas de SEO, é importante você resolver todos os seus problemas pessoais. Você está preparado para passar horas e horas na frente do computador? Você terá tempo para encaixar um novo projeto no seu dia-a-dia? Responder a questões como essas ajudam a perceber se você está preparado para fazer certos sacrifícios em prol do seu site ou blog. Mesmo que faça a part-time, terá que perder muitas horas de sono ou saídas com amigos. Nem todos temos perfil para iniciar um projeto. Tente desde o início entender se você tem essa capacidade.

2. Defina quanto tempo por dia vai trabalhar nesse projeto

Quando você inicia um negócio na internet, seja ele como freelancer ou um blog, é importante que saiba quando tempo você vai investir por dia nessa sua nova ideia. Mesmo que seja full-time, terá sempre que ter um horário de trabalho. Muitos projetos exigem apenas uma pequena parte das suas 24 horas (um blog de nicho por exemplo, apenas precisa se dedicar 3 a 4 horas por dia), mas um projeto de notícias de tênis, por exemplo, já implica que você esteja praticamente 14 a 16 horas por dia na frente do computador. Por isso, o tipo de negócio que você escolher irá sempre condicionar o número de horas que você trabalha. É importante que você defina, antecipadamente, o número de horas que vai trabalhar. Caso contrário verá o seu dia completamente fora de controle.

3. Invista em um site de qualidade

Uma das coisas que me questiono hoje em dia é o porquê de alguém começar um site num blogspot.com ou um blog com um design visivelmente amador. Hoje em dia já não existe espaço na internet para sites sem qualidade. A concorrência está cada vez maior e qualquer blog já é olhado pelo seu criador como um negócio normal. Eles investem em publicidade, gravam vÍdeos e publicam textos com conteúdo único. Se está pensando em iniciar um projeto na internet, é importante que tenha noção de toda essa exigência. Aqueles textos afirmando que criar um blog é algo fácil e que dá logo dinheiro são apenas propaganda enganosa. Um blog hoje em dia exige muito conhecimento e um bom investimento financeira. E claro, muito trabalho!

4. Seja muito exigente com você mesmo

Para quem está começando um negócio em casa, pode pensar que agora pode trabalhar na hora que bem entender e que pode até fazer um trabalho “mais ou menos”, que ninguém irá chamar à atenção. Se por um lado isso é verdade, esta noção impede-o à partida de conseguir ter sucesso na internet. Qualquer empresário que esteja há muitos anos trabalhando nesta área, sabe o quanto pode ser exigente gerir um projeto na internet. Um dia de trabalho muitas vezes chega a ter 12 ou 14 horas, o dinheiro não chega sempre no final do mês e os primeiros três meses de trabalho são frustrantes, com muito trabalho e poucas visitas. Um dos conselhos que dou é que cheguem no final de qualquer trabalho e perguntem: “isto é o melhor que consigo fazer?”. Se não for, volte a escrever o seu artigo ou algo que esteja a fazer. Habitua-se que para ter sucesso na internet – tal como em qualquer outra coisa na vida – é preciso fazer algo muito, mas muito bom.

5. Invista dinheiro em publicidade

Uma das primeiras coisas que deve pensar quando inicia um projeto é onde vai gastar o seu dinheiro em publicidade. Acha que não vai ser necessário? Então com certeza irá passar um ano inteiro escrevendo para apenas alguns leitores. Salvo algumas exceções, a maioria dos blogs demora até atingir uma quantidade significativa de seguidores. Portanto, a parte da publicidade será sempre essencial para acelerar esse processo. Compre artigos patrocinados, banners ou peça para enviarem newsletters. Todo o investimento será pouco nesta fase inicial. Para acelerar o seu processo de desenvolvimento, é necessário fazer um plano eficaz e constante a nível de marketing.

6. Tenha planos para o futuro

Começar um projeto na internet terá de ser muito mais do que pensar para o dia de hoje ou amanhã. É necessário ter uma visão e saber o que pretende fazer nos próximos meses ou anos. É certo que algumas alterações irão surgir durante o percurso de crescimento. A Colgate, por exemplo, começou como uma marca de sabonetes e acabou fazendo sucesso com a pasta de dentes. Por isso, algumas mudanças poderão sempre surgir. Mas é importante que tenha, pelo menos, um plano para se guiar e evite andar à deriva durante meses e meses, sem encontrar um rumo.

Com estas dicas, espero que tenha dado uma noção do que é necessário para iniciar um negócio na internet. Mas como referi acima, trabalhar na internet abrange um número grande de conceitos que talvez chegassem para escrever um livro, pelo que se torna impossível resumir num só artigo. Mas com estes, pontos já terá uma grande ajuda.

E vocês, o que fizeram quando começaram seus próprios negócios na internet? Quais foram as principais dificuldades?

Por Luciano Larrossa, autor do Escola Freelancer.

Este post foi enviado por um leitor e não reflete, necessariamente, a opinião do blog. Apostamos e defendemos a pluralidade de ideias e opiniões. Para compartilhar um artigo, basta enviá-lo para o e-mail painel@blogmidia8.com

11 Responses

Deixe uma resposta

Cadastre-se em nossa newsletter

  • Receba dicas diretamente no seu e-mail
  • Fique por dentro das novidades do blog
  • Seu e-mail nunca será compartilhado com terceiros